Curso Revit para Arquitetura Paisagista (56 horas)

650,00 €

Partilhar

Descrição

O Autodesk Revit é o programa charneira no que respeita à execução de projetos nas áreas de Arquitetura, Estruturas, AVAC, Eletricidade, Segurança, Águas e Esgotos. A tecnologia subjacente a este programa, designada BIM - Building Information Model, tem por base a criação de um modelo 3D através de objetos paramétricos correspondentes a elementos construtivos (paredes, lajes, portas, pilares, etc.) e não a criação de desenhos baseados em linhas ou volumes abstratos, como na tecnologia CAD.

Detalhes

  • Valor de Inscrição : 650,00 €
  • Valor Especial de Inscrição - Estudantes | Desempregados : € 550,00
  • Formação personalizada - Outras informações : Contacte a Luso Cuanza
  • Certificados : Autodesk Certificate of completion / Certificado de Frequência (DGERT)
  • Formação Mista : 1ª sessão decorre em formato presencial na Luso Cuanza em Lisboa. Os formandos podem optar por assistir presencialmente ou via sala de aula virtual a esta sessão.

*Obrigatório
*Obrigatório
*Obrigatório
Métodos de Entrega Disponíveis: Digital
Início
  • Iniciar o Revit e abrir um arquivo de projeto.
  • Interface do utilizador.
  • Personalizar atalhos de teclado.
  • Gravar e fechar arquivos.
Fundamentos
  • Compreender o BIM.
  • Diferença entre BIM e CAD, conceitos do Revit.
  • Associatividade Bidirecional.
  • Relações paramétricas.
  • Famílias.
  • Inserir elementos do modelo.
  • Trabalhar com elementos de referência.
  • Carregar e editar famílias.
Ferramentas básicas de edição
  • Selecionar, copiar e mover objetos.
  • Criação de matrizes lineares e radiais.
  • Espelhar, ampliar e reduzir objetos.
  • Uso da área de transferência para copiar e colar.
  • Dividir e alinhar/ Cortar e estender objetos.
Elementos essenciais de modelação
  • Criação e modificação de níveis de grelha.
  • Definição do plano de trabalho ativo.
  • Criação de planos de referência.
  • Modelar com precisão.
  • Uso de ferramentas de visualização ao trabalhar em vistas 3D.
Gestão de projetos
  • Gestão de informações do Projeto.
  • Relação entre local site.
  • Especificação do local do projeto.
  • Compreender e trabalhar com sistemas de coordenadas.
  • Mudança de local de projeto.
  • Rotação do Norte verdadeiro e Norte de Projeto.
  • Espelhar um projeto.
Modelação Base
  • Famílias e tipos de parede de sistemas.
  • Propriedades de instância de parede e de tipo de parede.
  • Paredes e perfis de parede.
  • Aberturas de parede, de Portas e Janelas.
  • Pisos e pisos inclinados.
  • Abertura de piso, de telhados e de aberturas em telhados.
  • Escadas e patins de escada.
  • Componentes de suporte e Escadas em Espiral.
  • Rampas e de corrimões.
Anotações
  • Trabalhar com anotações de texto.
  • Uso de controles de teclado para adicionar símbolos ao texto.
  • Verificação de ortografia.
  • Localizar e substituir texto, tipo de texto.
  • Keynotes.
  • Símbolos, blocos de notas e legendas.
Dimensões e restrições
  • Dimensões temporárias e permanentes.
  • Aparência do texto de cota, estilos de cotas.
  • Bloqueio de dimensões.
  • Controlar Dimensões usando Restrições de Igualdade.
  • Unidades de Dimensão.
  • Dimensionamento de paredes inteiras.
Visualização
  • Estilos de visualização.
  • Escala e Nível de detalhe, campo de visão.
  • Definição da disciplina de vista.
  • Modelos de visualização.
  • Estilos de objetos.
  • Noções básicas sobre a visibilidade e sobreposições gráficas.
  • Criação e edição de filtros.
  • Ocultar ou isolar temporariamente e exibir elementos ocultos.
  • Uso de propriedades de exibição temporária.
Vistas e folhas
  • Vista de plano e vistas de teto refletidas.
  • Vista de pormenor, de alçado, de corte, de seção e de desenho 2D.
  • Criação de uma visualização de referência.
  • Duplicação de vistas.
  • Folhas de desenho.
  • Trabalhar com vistas de tabelas.
  • Titleblocks e plano chave.
  • Nuvens e Tags de Revisão, Desenhos Suplementares.
Impressão e publicação
  • Configurações de impressão.
  • Impressão em PDF.
Gestão de configurações
  • Modelos e padrões de desenho, Padrões de preenchimento.
  • Materiais e bibliotecas e propriedades dos materiais.
  • Estilos, espessuras e padrões de linha.
Worksharing
  • Introdução aos Conceitos de Trabalho colaborativo.
  • Terminologia de partilha de tarefas.
  • Criação do Modelo Central e local.
  • Worksets, Worksets em arquivos Revit Vinculados.
  • Trabalho off‐line e edição em risco.
Colaboração
  • Vinculação e gestão de modelos do Revit.
  • Gestão da exibição de elementos em um modelo vinculado.
  • Rotulagem de elementos em um modelo vinculado.
  • Monotorização e coordenação de alterações.
  • Uso de Copy/Monitor.
  • Verificação de Interferências.
Fases
  • Compreensão e gestão.
  • Uso de Filtros de Fase.
  • Atribuição de fases e filtros de fase.
  • Impacto das Fases na Documentação.
Interoperabilidade
  • Importação e gestão de arquivos de imagem.
  • Gestão, vinculação e importação de arquivos CAD.
  • Trabalhar com arquivos do Autodesk Exchange.
  • Nuvens de pontos.
  • Arquivos IFC.
  • Opções de Configuração de Exportação de CAD.
  • Exportar para formatos 2D e 3D CAD.
  • Exportação de Relatórios.
  • Exportar para IFC.
Revit para paisagismo:

Vegetação e terreno
  • Vegetação do Revit.
  • Criação de tabelas e rotulagem.
  • Criação e edição da topografia.
  • Quantificação de aterro e escavação.
  • Criação de topografia a partir de um ficheiro DWG.
  • Superfícies vs. sub‐regiões.
  • Pisos como camas de plantação.
  • Uso de padrões de superfície.
Criação de famílias de vegetação
  • Conceitos e princípios.
  • Criação de famílias de planta personalizadas.
  • Colocação de uma família de plantas num Projecto.
  • Criar linhas simbólicas a partir de um ficheiro DWG.
  • Criar um símbolo para plantas existentes.
  • Criar um símbolo de planta usado para vários tipos.
  • Edição de família de plantas acabadas.
  • Adicionar dados de plantas a um projeto.
  • Criação e atribuição de parâmetros.
  • Gerir a representação de plantas.
  • Verificação de Condições das plantas.
  • Gestão das vistas de representação da vegetação.
  • Fontes de dados.
  • Ligação ao Excel.
Hardscape personalizado
  • Criação e edição de materiais.
  • Criar água como material.
  • Edição de pisos inclinados.
  • Criar uma condição de borda e de pérgulas.
  • Criação de treliças por modelação ou como material.
Planos de rega
  • Configurações e modelação da tubagem.
  • Adicionar acessórios.
  • Modificar tubagens e acessórios.
  • Criação de Tubos Paralelos e de sistemas de tubos.
  • Geração de layouts de tubos.
  • Dimensionamento e análise de sistema de tubagem.
Documentação e apresentação
  • Acesso gratuito às famílias de plantação/paisagismo (BIMobject).
  • Criação e edição de tabelas.
  • Tabelas com dados adicionados e fórmula e com links URL.
  • Criação de um padrão personalizado.
  • Opções de projeto e Fases de projeto.
  • Ligação ao Twin Motion.

Criar modelos virtuais de representação de projetos de Arquitetura paisagista, com base no uso da tecnologia paramétrica do Revit (BIM - Building Information Modeling), bem como gerar imagens fotorrealistas, organizar e imprimir as respetivas peças desenhas, de forma a reduzir o ciclo de projeto e a permitir uma análise mais rigorosa da solução.


Arquitetos paisagistas, estudantes e desenhadores e todos os técnicos que possam ter interesse na criação de um modelo segundo a tecnologia BIM. 

Conhe­cimentos básicos de utilização do Microsoft Windows. Sendo uma formação direcionada para arquitetura paisagista, requer-se alguma experiência nesta área profissional.

Características e vantagens da formação em Sala de Aula Virtual


  • Todas as sessões de formação têm por base a exposição dos temas por parte do formador sem conteúdos pré-gravados, tal como nos cursos presenciais.
  • Os formandos podem colocar questões oralmente ou sob a forma escrita (Chat).
  • Todas as sessões são gravadas e o respetivo vídeo partilhado com os formandos por um período limitado, o que permite não só rever várias vezes o conteúdo exposto nas sessões como evitar a perda de informação em resultado de atrasos ou faltas. A gravação em vídeo das sessões depende da aceitação dessa condição pelo formador.
  • O formador pode intervir nos computadores dos formandos para ajudar a resolver dúvidas resultantes da execução dos exercícios.
  • O tempo de deslocação de ida e volta para participação em formações presenciais pode ser utilizado para treino, de forma a melhor reforçar a consolidação da aprendizagem.
  • De uma forma geral, a formação em sala de aula virtual pode corresponder a um modo mais eficiente de rentabilizar o tempo e permitir uma experiência de aprendizagem mais completa.

Certificados de Frequência

  • Certificado de Frequência - AUTODESK (reconhecido em todo o mundo)
  • Certificado de Frequência Luso Cuanza (inclui conteúdo Curricular)
  • Certificado SIGO (de acordo com a Portaria 474/2010 de 8 de Julho, plataforma Sigo)

Os certificados só são entregues aos formandos que tenham uma frequência mínima de 75% das horas de formação.

Sala de Aula Virtual - Requisitos técnicos necessários 

  • Computador com acesso à internet
  • Licença de Revit (Ultima versão) instalada (Informe a Luso Cuanza caso não tenha licença) 
  • Auscultadores e microfone
  • 2 monitores (se possível)

Leia as condições gerais da formação aqui